Image Alt

Cirurgia de “Sling”

Incontinência Urinária é a perda de urina de forma involuntária. Apesar de ser causada por diversos fatores, muitas mulheres costumam associar incontinência com bexiga caída, acreditando que a cura está na cirurgia de períneo (perineoplastia). No entanto, uma das melhores técnicas, entre tantas outras para resolver o problema da Incontinência Urinária de Esforço, é a “Cirurgia de Sling” ou “Cirurgia de Alça”. Popularmente é conhecida como “cirurgia da telinha”, “cirurgia da cinta”, “cirurgia da faixa” ou ainda “cirurgia da redinha”.

A “cirurgia de Sling” ou simplesmente “Sling” consiste na colocação de uma faixa por debaixo da uretra (canal por onde passa a urina). Esta alça vai servir de suporte nos momentos em que a uretra sofrer pressão excessiva. Por exemplo, quando a pessoa tosse, espirra ou levanta um objeto muito pesado, todos os seus órgãos abdominais são empurrados para baixo e isso inclui a bexiga e a uretra. Se os ligamentos que servem de apoio para estes órgãos são de má qualidade ou estão frouxos, ocorre a perda urinária. A colocação do Sling, que é feito de um material sintético denominado polipropileno, que segura a uretra e impede a perda urinária.

 

A Cirurgia

O procedimento cirúrgico é relaizado em ambiente hospitalar, com anestesia local e sedação. A técnica é considerada relativamente simples. Em geral, quando é necessária apenas a colocação do Sling, sem a correção da cistocele (levantamento da bexiga caída), a cirurgia dura, em média, 30 minutos, e a alta ocorre em, no máximo, 24 horas. É importante observar que a cistocele só deve ser corrigida durante a “cirurgia de Sling” caso a paciente apresente as duas doenças: “bexiga caída” e incontinência urinária.

Pós-operatório

Cerca de oito horas após a cirurgia de Sling é retirada a sonda vesical (que fica na bexiga), e assim que a paciente urinar espontaneamente e sem dificuldades poderá ter alta. Isso ocorre em menos de 24 horas.

A paciente sai do hospital sem dor. Caso contrário utiliza-se medicação analgésica, como paracetamol ou diclofenaco, por exemplo. O emprego de antibiótico no pós-operatório vai depender do ocorrido durante a cirurgia, e quando necessário é utilizado.

Recuperação

A recuperação também não é complexa. Deve-se fazer a higiene local com água e sabonete comum, não fazer esforço físico por pelo menos dez dias após a cirurgia e não manter relação sexual por 40 dias.

Os pontos caem sozinhos, sem a paciente precisar ir ao consultório para retirá-los. Na cistocele os cuidados são os mesmos, com exceção ao esforço físico, que deve ser respeitado por um período de, no mínimo, 40 dias.

Sobre a clínica

Referência no sul de Santa Catarina, a Clínica Sara Ribeiro é especializada na assistência da saúde da mulher, bem como em distúrbios endocrinológicos.

(48) 3437 5543

Marque sua consulta!

Entre em contato para maiores informações e consultas.